Homem é encontrado morto em Catalão.

Postado em

 11358691_1396928567302900_1706862181_n

A polícia militar de Catalão foi acionada por volta das 10h30 deste domingo para comparecer na Rua Monte Alegre no Setor Goianiense, próximo a represa da Chácara Paquetá, onde segundo o denunciante havia um homem morto em baixo de um pé de manga. Assim que a PM chegou ao local constatou o fato. MILTON MARCOLINO ALVES de 56 anos estava morto.

11348977_1396925023969921_1933310684_n

A PM acionou os bombeiros devido o grande número de abelhas que tinha próximo ao corpo. O Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo da vítima que já estava em decomposição e com odor muito forte. Segundo relatos da família, Miltinho estava desaparecido a cerca de 10 dias. O corpo foi levado para o IML de Catalão onde ficou a disposição de seus familiares. A policia acredita que seja morte natural.

11225766_1396928577302899_1801701732_n

Aconteceu na noite desta sexta feira (22) mais um acidente de transito na BR-050. Uma carreta IVECO perdeu o controle de direção e tombou em cima da ponte Wagner Estelita Campos, ponte que divide o estado de Goiás com Minas Gerais. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista perdeu o controle de direção e tombou. Ele teve escoriações pelo corpo e uma lesão na face. O trânsito da BR ficou paralisado por algumas horas. Apesar do susto o motorista só teve ferimentos leves.

11351336_758181597635741_4474059158422583777_n11329871_758181430969091_1035823801447941587_n

                     O contêiner do caminhão ficou caído embaixo da ponte.

 

Duas pessoas morreram em um grave acidente ocorrido na GO-020, próximo a cidade de Palmelo, na noite deste sábado (23) . As vítimas voltavam de uma festa de Cavalhadas em Santa Cruz de Goiás e seguiam para Pires do Rio, quando acidente aconteceu.

11219332_1396333554029068_2619935870454567750_n

Segundo informações, o motorista de um Honda Civic, identificado como Arthur Carvalho, perdeu o controle da direção do veiculo e colidiu contra uma árvore ( pé de manga) às margens da rodovia. O impacto da batida foi tão forte que o carro se partiu ao meio. Os ocupantes, Simone Martins e  Arthur Carvalho  morreram na hora.

11262296_1396691267326630_453834623_n

Aconteceu neste sábado (23) um acidente na BR-050, por volta das 18h30 no km 290, que fica a 4 km de distância do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). No veículo, um Mitsubishi Lancer placa de Catalão, havia cinco ocupantes, todos tiveram ferimentos, o mais grave com suspeita de fratura na bacia. Todas as vítimas foram socorridas pela equipe da MGO e transportadas para a Santa Casa de Catalão. O veículo seguia viajava de Araguari sentido a Catalão.

11311853_1396678597327897_1947821247_n 11328952_1396678627327894_1490097808_n 11354868_1396678613994562_549708092_n

Uma mulher foi encontrada morta a tiros na manhã deste sábado (23) em uma estrada vicinal no distrito de Santo Antônio do Rio Verde, uma viatura da polícia militar foi acionada chegando ao local os militares constataram que a vítima Hellem Aparecida Gomes de Oliveira de 32 anos já estava morta. O IML de Catalão foi acionado e encaminhou o Corpo de Hellem Aparecida para Catalão, onde ficou a disposição dos familiares.

11297716_1396239934038430_319403849_n 11354883_1396238954038528_1996703702_n 11356281_1396239677371789_1283000326_n

Helen-Cristina-morreu-acidente-GO-210

Na noite desta sexta-feira (22), por volta das 23h30, aconteceu um grave acidente na GO-210 próximo ao Rio São Marcos, neste acidente envolveram quatro veículos e deixou uma pessoa ferida e uma jovem de 23 anos morta. Segundo informações, um veículo Ford Focus ao passar no quebra-mola capotou, mas ninguém ficou ferido.

Uma Fiat Strada e um GM Prisma, pararam para prestar socorro às vítimas do Ford Focus, momento em que outro veículo ao passar no quebra-mola, também perdeu o controle e chocou-se contra os carros que estavam parados prestando atendimento às vítimas do primeiro acidente e atropelou uma jovem de 23 anos de idade.

A jovem Helen Cristiny de Freitas Ribeiro, 23 anos de idade, sofreu vários ferimentos e foi conduzida ao Pronto Socorro da Santa Casa de Catalão ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito nesta madrugada de sábado (23). Um jovem também foi encaminhado pelo SAMU ao Pronto Socorro da Santa Casa de Catalão, queixando-se de dores no ombro, pescoço e cabeça, mas não corria risco de morte.

11281757_1395241734138250_1792514089_n

Processo contra funerária que administra o cemitério corre sob segredo de justiça desde 2013

Mexeram com a memória do meu pai. Mexeram com a memória da minha família.” É dessa forma que um morador de Catalão resume o sentimento após descobrir que os restos mortais do seu pai, que faleceu em 1993, desapareceram da cova em que estavam enterrados no cemitério São Pedro, no Bairro Jardim Primavera.  Ele prefere não se identificar para preservar a família e também porque está com um processo judicial contra a funerária responsável pela administração do cemitério desde 2013. “É desgastante lidar com isso. Nossa família passou por muito constrangimento e humilhação”, lamenta.

 Em 2008, ao visitar o túmulo em que o patriarca estava enterrado, a família percebeu que a placa de identificação havia desaparecido, mas pensou que pudesse ter sido ação de vândalos ou mesmo do vento. No entanto, um dia antes do Dia dos Finados de 2013, no mesmo túmulo, estava colocada a placa de identificação de outro senhor. “Na hora, eu levei um susto, achei muito estranho e conversei com o coveiro, que não soube dizer o que tinha acontecido”, relata o denunciante. Segundo ele, a parte onde deveria estar escrito o nome de seu pai no livro de registro estava rasurada.

“Depois nos justificaram que os restos mortais do meu pai teriam sido transferidos para a carneira onde estava enterrado o corpo de uma senhora, inclusive que era a mãe do Fenelon [Lourenço, que trabalhou por 16 anos como Papai Noel em Catalão e que foi assassinado no início de maio]”, conta. Nessa mesma carneira, constavam os restos mortais da irmã de Fenelon. “Quando foram enterrar o corpo de Fenelon, nós notamos que havia duas ossadas, ou seja: a da mãe e da irmã do Fenelon. Isso significa que os restos mortais do meu pai não estavam onde a administração do cemitério tinha nos informado. Sendo assim, a pergunta que fica é: onde estão os restos mortais do meu pai? A funerária não soube nos responder”, critica o denunciante.

 A hipótese levantada por ele e pela família é a de que retiraram a ossada do pai para poder vender a cova para outra família. “Com autorização de quem eles retiraram os restos mortais do meu pai?”, questiona para logo responder: “Mexeram na cova sem a nossa autorização”. Ele afirma que resolveu contar essa história diante da recente descoberta de uma ossada, possivelmente humana, por pedreiros que trabalham em uma obra no Bairro Alvino Albino. Ao aterrar o local, os trabalhadores encontraram os ossos, um pedaço de caixa e uma placa de túmulo com o nome de uma mulher falecida no ano de 2002. A terra teria sido retirada do cemitério São Pedro, prática que tem acontecido há alguns anos, segundo denunciam algumas pessoas.

11325517_828471027200573_131621754_n

Eu acredito que pode ter acontecido o mesmo com os restos mortais do meu pai, porque a funerária responsável pelo cemitério não nos deu nenhuma resposta concreta a respeito disso”, declara. “Agora, a gente espera que seja feita justiça e que as autoridades tomem medidas cabíveis para que acabem esses desmandos no local onde deveriam descansar nossos entes queridos”, finaliza.

 Vilipêndio a cadáver – Esse é o Título V do Código Penal, que trata dos crimes contra o sentimento religioso e contra o respeito aos mortos. Neste último, o Código Penal brasileiro traz em seu artigo 212 a seguinte redação: “vilipendiar cadáver ou suas cinzas”. A pena pode ser detenção de um a três anos, além de multa.

PhotoGrid_1432306889016

                                       Foto tirada por internauta.

Aconteceu na manhã desta quinta-feira um grave acidente na Avenida RAULINA Fonseca Pascoal, por volta das 7h30, onde vitimou DAIANE ALMEIDA RODRIGUES DA SILVA, de 27 anos.

11259525_1395585090770581_5509175304458206630_n

Ela chegou a ser socorrida pelo corpo de bombeiros e levada para Santa Casa de Catalão, onde faleceu por volta das 10h.

IMG-20150522-WA0025

Segundo  informações, Daiane sofreu um traumatismo craniano  e várias escoriações pelo corpo e infelizmente não resistiu aos ferimentos. Daiane Almeida era integrante do Sindicato Das Costureiras de Catalão (Sindfio). segundo informações  ela poderia estar grávida.

Neste vídeo feito por internauta, mostra o momento em que os bombeiros socorre a vitima.

_DSC0560

Aconteceu na manhã desta sexta-feira por volta das 07h, um acidente de trânsito na GO-210, próximo ao trevo que dá acesso a cidade de Goiandira. Segundo informações, o motorista do Ford Escort não percebeu a presença de uma moto ao fazer o retorno no trevo. A moto vinha pela GO-210 e se chocou lateralmente no veículo.

_DSC0562

Com o impacto da batida o motociclista foi arremessado por cerca de três metros. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conduziu a vítima, Danilo Paulo Carneiro, de 26 anos  com vários escoriações pelo corpo, para o hospital. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) foi acionada e registrou a ocorrência.

_DSC0552

Marcelo Mendonça, secretário de Meio Ambiente

Decisão conjunta foi tomada pela Secretaria de Meio Ambiente, Superintendência de Água e Esgoto e Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente

Para minimizar as chances de que haja problemas no abastecimento de água nos meses de setembro e outubro em Catalão, a Prefeitura tomou uma medida preventiva: recomendou aos agricultores ribeirinhos que utilizem a água dos ribeirões Samambaia e Pari somente até o dia 31 de maio. A ação foi uma decisão conjunta da Secretaria de Meio Ambiente (Semmac), da Superintendência de Água e Esgoto (SAE) e do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema).

O secretário de Meio Ambiente, Marcelo Mendonça, explica que foi montado um calendário agrícola recomendando aos agricultores que suspendam as atividades de irrigação a partir de 1° de junho. “Não é uma proibição. É uma recomendação”, enfatiza o secretário. “Essa orientação foi feita em função da crise hídrica pela qual passamos em 2014 e da diminuição significativa da vazão do Ribeirão Samambaia. Embora tenha chovido mais nos últimos meses, não podemos deixar de nos precaver.”

A medida tomada é uma precaução que deverá ser seguida se houver escassez de água, principalmente durante os meses de setembro e outubro. “Caso isso ocorra, a prioridade do uso da água será para a dessedentação dos animais, o abastecimento urbano e a manutenção das propriedades dos ribeirinhos, como sugere a legislação”, declara o secretário de Meio Ambiente.

Marcelo Mendonça informa também que, a partir da próxima semana, a equipe da Secretaria de Meio Ambiente visitará as propriedades ribeirinhas para conversar com os agricultores, analisar a situação socioeconômica de cada um deles e verificar as possíveis alternativas que podem ser utilizadas no caso de crise hídrica. “Analisaremos, inclusive, a possibilidade de ação indenizatória”, indicou o secretário.

Reservatório – A SAE, por sua vez, trabalha para viabilizar a construção de uma represa com capacidade para armazenar 3,5 bilhões de litros de água. A obra diminuirá a dependência do município das vazões dos ribeirões Samambaia e Pari para o abastecimento urbano. “A SAE não tem medido esforços para transpor os entraves burocráticos para iniciarmos e finalizarmos a construção dessa represa que será de enorme valia à população”, garante o engenheiro de recursos hídricos da Superintendência de Água e Esgoto, Thiago Patrocínio.

“É um processo burocrático que, como tal, demanda certo tempo. Ainda haverá a licitação para definir a empresa que vai trabalhar com a construção da barragem”, complementa. A previsão é que o reservatório esteja pronto dentro de três meses.

Página 1 de 49512345...102030...Última »