COMPRA PREMIADA: hoje tem a quinta da carne do Supermercado Primavera

Promoção-do-Primavera-III

Hoje é a quinta da carne Supermercado Primavera 3 da avenida José Marcelino, onde você compra carnes da melhor qualidade c melhores promoções.

No supermercado Primavera 3 da avenida José Marcelino você pode pagar com todos os cartões Credipar e agora também com cartões Ale e Elo. No Supermercado Primavera você fazendo suas compras Supermercado Primavera 3 a cada R$ 50.00 em compras e você ganha cupons para concorrer ao FIAT MOBI ZERO.

Uma pessoa fica ferida após veículo em que estava bater em animal na GO-210 entre Catalão e Goiandira

2016-07-07 07.17.36

Um homem de 30 anos ficou ferido em um acidente na GO-210, entre Catalão e Goiandira na noite dessa quarta-feira (6).

Segundo informações, o veículo Fiat Palio de cor branca placas de Catalão, chocou-se frontalmente com uma vaca que estava na pista, o motorista não conseguiu evitar a batida e atropelou o animal.

2016-07-07 07.17.52

A Polícia informou que o veículo seguia de Goiandira para Catalão. Apenas o motorista estava no carro, ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e conduzido para Unidade de Pronto Atendimento de Catalão (UPA).

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) foi acionada e registrou a ocorrência .

2016-07-07 07.17.20

PROEBOM 10º BBM – CATALÃO ABRIRÁ INSCRIÇÕES PARA O PROGRAMA EDUCACIONAL BOMBEIRO MIRIM – 2016

images

Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás através do 10º Batalhão Bombeiro Militar de Catalão informa que serão abertas as inscrições para o Programa Educacional Bombeiro Mirim – PROEBOM/2016.

Período – de 07 a 18 de julho de 2016;

Horário – das 08h00min às 12h00min e das 14h00min às 18h00min (de segunda-feira à sexta);

Local – Rua. Araguaia, n° 72, Centro, CEP 75701-490;

Número de vagas – 60 vagas;

Idade dos candidatos – 10  a 12 anos.

Edital Proebom-10°BBM 2016

Lei sobre contratação de pessoal em Nova Aurora tem constitucionalidade questionada

Sede MP 27

O procurador-geral de Justiça, Lauro Machado Nogueira, propôs ação direta de inconstitucionalidade contra a Lei n° 1/2014, editada pelo município de Nova Aurora, que dispõe sobre a contratação de pessoal por necessidade temporária de excepcional interesse público.

De acordo com a norma, o município foi autorizado a celebrar contrato administrativo de pessoal, por tempo determinado, por meio de processo seletivo, para diversos cargos tais como professor, operador de máquina, motorista, auxiliar de enfermagem e de serviços gerais, pelo prazo de seis meses.

O procurador-geral sustenta que a lei violou a Constituição Estadual, ao autorizar a contratação de pessoal em situações que não são reveladoras de necessidade temporária de excepcional interesse público.

Lauro Machado Nogueira observa que a norma que fixou as regras e o quantitativo de cargos do regime de contratação temporária implementou situações de contratação de servidor temporário que ensejam a prática de abusos administrativos na possível arregimentação direta de pessoal, na contramão da exigência de concurso público.

Na ação, destaca-se o fato de que esse tipo de contratação é prevista para as contingências que desgarrem da normalidade, para assim, evitar abusos no plano administrativo. No entanto, a lei municipal, a pretexto de regulamentar a contratação nesse formato, acabou autorizando a arregimentação de pessoal sem vínculo empregatício para a realização de atividades ordinárias, rotineiras e permanentes da administração pública, afirma o procurador-geral.

Ele acrescenta ainda que a norma prevê a possibilidade de contratação temporária pelo prazo de até seis meses, permitindo ainda a recondução de forma ilimitada, o que também afronta a obrigatoriedade do concurso público. Desta forma, foi requerida a declaração de inconstitucionalidade da lei questionada.(Cristiani Honório / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO)

Barragem vai garantir abastecimento de água nos próximos 30 anos

Jardel-Sebba-pegar-esta-72496ba5-d8d8-4b13-a217-70cb74d9c2f2

Barragem terá capacidade para 7 bilhões e 500 milhões de litros de água. Financiada pela CEF, a obra custará mais de R$ 33 milhões

O prefeito de Catalão, Jardel Sebba (PSDB), dá início a uma grande obra estruturante em Catalão: a construção de um novo sistema de captação de água bruta, incluindo uma barragem com capacidade para 7 bilhões e 500 milhões de litros de água.

A obra custará mais de R$ 33 milhões com recursos da Caixa Econômica Federal e vai afastar o risco de desabastecimento de água pelos próximos 30 anos, afirma o prefeito. Hoje, Catalão não conta com nenhum tipo de reservatório de água bruta. Nos últimos dois anos, a cidade sofreu com desabastecimento durante o período de estiagem. “Essa é uma obra voltada também para as gerações futuras. Não bastava resolver o problema no curto prazo. Era preciso planejar as próximas décadas.”

A expectativa é de que a barragem fique pronta 90 dias após o seu início. Outras obras, como instalação de adutoras, de sistemas de elevação de água bruta e de unidade de captação de água devem ser concluídas em até 24 meses.

Os serviços de água e esgoto em Catalão foram municipalizados há mais de uma década. Até o final de 2012, muito pouco havia sido investido pela Superintendência Municipal de Água e Esgoto de Catalão (SAE). Segundo o IBGE, a população de Catalão saltou de 64.347 habitantes em 2000 para 98.737 moradores em 2015. Mesmo com o crescimento significativo da população, e o risco iminente de falta de água, as gestões anteriores não fizeram os investimentos necessários para superar o problema.

Ainda em 2001, a Senha Engenharia, atendendo solicitação da própria SAE, entregou à empresa um estudo apontando com muito alta a possibilidade de colapso no abastecimento. Estudantes de graduação e pós-graduação do curso de Geografia da Universidade Federal de Goiás também chegaram à mesma conclusão e alertaram as gestões anteriores, que preferiram contar com a sorte.

Na gestão de Jardel, cerca de R$ 30 milhões foram investidos na ampliação da rede de esgoto, que saltou de 50% para 80% de cobertura dos domicílios. Outros R$ 22 milhões foram destinados à ampliação do tratamento de água e ampliação da reserva nos bairros. “Com a barragem, o risco de desabastecimento será sepultado de vez. Até lá, contamos com a colaboração da população que precisa fazer uso racional da água”, diz o prefeito.

Como dizem os economistas, Jardel Sebba está investindo em crescimento econômico e, sobretudo, em desenvolvimento.